Notícias

OUTORGA ONEROSA, UM EXCELENTE NEGÓCIO PARA O DESENVOLVIMENTO!

 

É incrível como funciona a mente de certos brasileiros. Muitas vezes, pouca ou nenhuma contribuição dão para o desenvolvimento da sua cidade ou País, mas são as primeiras vozes que se levantam na hora de criticar projetos e ideias daqueles que vivem fora da zona de conforto e dispostos a fazer a diferença com seu trabalho.

A Outorga Onerosa – instrumento já presente em vários estados brasileiros e até outros países – finalmente chegou a Itapema e trará consigo um sopro de esperança nestes difíceis tempos que temos vivido econômica e politicamente em nosso País.

Ciente da necessidade de investimentos em educação, infraestrutura, saúde, segurança, mobilidade urbana e tantos outros aspectos de competência do Estado, a prefeitura de Itapema foi sensível e inteligente para perceber que na Outorga Onerosa reside a solução para boa parte dos nossos problemas da atualidade. Através dos recursos que ela nos trará, poderá se investir em tudo o que a cidade precisa, valorizando o mercado imobiliário, aumentando a qualidade de vida, tornando a cidade ainda mais atrativa para viver, veranear e investir.

Mas, o que promete ser luz sobre a ameaça do desaquecimento econômico e do desemprego que já bate os 13 pontos percentuais em nível nacional, tem sido alvo de críticas por algumas vozes – fortuitamente poucas, sós e isoladas. Sim, a Outorga Onerosa recebe críticas por sua forma não ser igual à praticada aqui ou acolá. É claro que temos nossa própria realidade e adaptamos os modelos de projeto para nossas próprias características. Dúvidas infundadas, tal como um suposto esgotamento na capacidade de fornecer água às pessoas que aqui virão morar caso a construção civil construa mais imóveis, chegam a ser engraçadas, se não fossem tristes.

A construção civil é a mola que impulsiona uma gigantesca engrenagem chamada ‘economia’. É um dos setores que mais emprega – de norte a sul do País – e que mais rapidamente se recupera de crises quando devidamente estimulada. É um setor que movimenta uma gigantesca rede de outros setores no seu entorno, gerando emprego, renda, impostos, divisas e progresso.

Porque opor-se a um instrumento que irá fomentar mais negócios, mais empregos, mais recursos se até mesmo o Executivo Municipal, o Legislativo Municipal, empresários de vários outros setores entendem sua necessidade e seu valor? A Outorga Onerosa é somente um instrumento previsto em lei que irá estimular o setor e, sem dúvida, cada centavo que arrecadar será revertido em benefício da população, com melhorias em toda a cidade.

Como presidente do Sinduscon de Itapema, como presidente da Câmara do Desenvolvimento da Indústria da Construção de Santa Catarina/FIESC, fico perplexo ao ouvir estas vozes que se levantam contrárias ao desenvolvimento e – repito – pouco ou nada fazem como forma de estimular o progresso. Talvez falte-lhes viajar mais, informarem-se mais, conhecerem mais o que é feito mundo afora para, então, voltar os olhos para dentro e conseguir enxergar o que os cerca com um novo olhar, mais atualizado, mais consciente, mais real.

Me orgulho de ser construtor, e tenho certeza que meus pares também. Gerar empregos num País de tantos tributos, desvios e desmandos, não é para qualquer cidadão. Enfrentar uma burocracia institucionalizada que só atrasa o desenvolvimento é tarefa presente em nossas agendas diariamente. Mas não desistimos, vamos além e nos envolvemos em projetos, em discussões, em lutas para manter viável nosso segmento, nossas empresas de portas abertas, e nossos milhares de funcionários empregados e capazes de dar sustento às suas famílias. A Outorga Onerosa faz parte de uma destas nossas lutas, e não tenho dúvidas que irá representar um divisor de águas no desenvolvimento da nossa cidade!

JOÃO FORMENTO – PRESIDENTE SINDUSCON COSTA ESMERALDA

About the author

sinduscon

Leave a Comment